Afinal, o que é esta tal de cibercultura?

Faça esta experiência: pergunte a uma pessoa próxima, da sua casa ou de sua família, se ela já ouviu falar em cibercultura Agora pergunte a um colega de trabalho se ele sabe usar a cibercultura a seu favor no campo profissional. E por fim, pergunte a você mesmo o que é essa tal de cibercultura.

A chance de pelo menos uma das respostas ser “não faço ideia” ou “já ouvi falar, mas não sei explicar”, é alta, pois este termo é um pouco complexo de ser explicado. Pierre Lévy, por exemplo, define cibercultura como o lugar que “se constrói e se entende por meio da interconexão das mensagens entre si, por meio de sua vinculação permanente com as comunidades virtuais”.

A cibercultura é relação entre a tecnologia e a comunicação, que começaram a caminhar lado a lado com a evolução tecnológica que gerou a convergência entre informática e telecomunicação. É a cultura da remixagem, do ode a internet, da idolatria ao virtual, o que, diga-se de passagem, é intrínseco às novas gerações.

A cibercultura é uma cultura contemporânea, caracterizada pelo compartilhamento de informação e conhecimento. O que acontece, por exemplo em nosso dia-a-dia quando usamos plataformas sociais, como Facebook, e Twitter, quando acessamos um site de notícias, ou até mesmo em conversas na hora do cafezinho.

O COMDPI está aqui para isso. Para ajudar a solucionar os problemas que ninguém tem coragem para responder. As questões mais difíceis, e que provavelmente você já se perguntou, mas não encontrou ninguém disposto a te dar um caminho. Não deixe isso de lado, venha descobrir junto com a gente.

Acesse nosso site, conheça nossos professores, disciplinas, conteúdo, cursos e muito mais. Porque aqui, a internet é levada a sério.