E-commerce cresce 26% no Brasil e fatura R$ 18,7 bilhões em 2011

Mais uma vez o crescimento da classe C e o seu maior envolvimento com a internet, mudam o cenário do comércio online.

Segundo dados publicados na 25° edição do relatório WebShoppers, realizado pelo e-Bit em parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo – Fecomercio, o gasto médio do consumidor chegou a R$350,00 reais. São ao todo 9 milhões de novos compradores e desses 61% fazem parte da classe C.

“No ranking dos cinco setores de maior número de vendas, produtos eletrônicos ficaram em primeiro lugar com 15%, informática obteve 12%, eletrônicos, por 8% das vendas online, saúde, beleza e medicamentos ficou com 7% e a venda de moda e acessórios somou 7% do total em 2011″, diz a matéria completa realizada pelo IDG Now sobre o relatório, que você pode ler aqui.

O COMDPI oferece o curso de E-business para todos que tem interesse em comércio online e negócios.